Nossa pele precisa de um “respiro”?

A pele precisa respirar?

Recorremos a dermatologista Monalisa Nunes para dúvidas sobre a necessidade de pausar a rotina de cuidados com a pele para ela “respirar”.

 

Esse é o ano que passaremos mais tempo em casa, afinal ainda vivemos uma pandemia, e nesse processo de quarentena, home office e isolamento social, muitas pessoas têm deixado suas rotinas de beleza mais enxutas, usado menos cremes e maquiagem, e alegando ser um momento para a pele “respirar”. Mas isso existe?

Segundo a dermatologista Monalisa Nunes esse pensamento não é necessariamente efetivo, já que não existe comprovação científica que não ter produtos sobre a pele faça com que ela respire melhor. 

Ela ainda reitera a importância de mantermos os cuidados essenciais com a pele mesmo em casa: lavando o rosto para retirar as impurezas, hidratando e protegendo com filtro solar, já que os raios UVA atravessam as janelas e penetram as casas, além da luz visível que causa danos (aquela do celular, computador e lâmpadas de casa).

Portanto não é necessário e nem recomendado pausas totais por estarmos mais tempo em casa, mas é importante respeitar sua pele e perceber os sinais dela, e claro, consultar SEMPRE dermatologistas.

 Para quem tem sentido falta de tratamentos estéticos que dependem de especialistas, uma opção que pode ser realizada em casa é a esfoliação (que pode ser química ou física, e tem como objetivo remover células mortas e deixar a pele com aquele aspecto macio e renovado), mas lembrando que ela deve ser feita de uma a duas vezes por semana. Você confere os melhores esfoliantes de 2019 clicando aqui.

A Mona ainda pontua que tratamentos com ácidos, com o acompanhamento de dermatologistas, podem ser interessantes nesse período que vivemos, já que permanecemos mais dentro de casa e menos expostos. 

Lembrando que o skincare e a maquiagem tb ganharam um novo lugar de autocuidado nessa pandemia pra muita gente, que encontrou nesses momentos um pouco de diversão. Mas claro que nem todo skincare é autocuidado e nem todo autocuidado tem a ver com skincare, né?

Agora queremos saber: os últimos meses mudaram a forma como você cuida da sua pele

Deixe uma resposta