Maskne: a acne causada pelo uso de máscara

Esse fenômeno passou a ser chamado por especialistas de “Maskne”, que seria a junção das palavras Mask e Acne em inglês, e a discussão tomou força na internet após um artigo recente do New York Times.

Você sabe o que é “Maskne”? O uso da máscara já faz parte da nossa realidade, e ela é muito necessária enquanto passamos por essa pandemia, sendo usada sempre que saímos de casa, cobrindo o nariz e a boca corretamente. Porém muitas pessoas notaram nos últimos meses que a pele tem reagido a esse item de proteção de diversas formas, uma das mais notáveis é a irritação e o surgimento de acne na região inferior do rosto, a área que fica embaixo da máscara. Esse fenômeno passou a ser chamado por especialistas de “Maskne”, que seria a junção das palavras Mask e Acne em inglês, e a discussão tomou força na internet após um artigo recente do New York Times.

De acordo com a dermatologista Daniela Pimentel, o episódio acontece pois com o uso da máscara, além de gerar fricção e atrito com a pele, criamos um local mais abafado, quente e úmido, o que pode predispor a diversas alterações como dermatite de contato, perioral e a acne.

É importante lembrar que nem toda irritação da pele com bolinhas vermelhas e/ou amarelas podem ser diagnosticadas como acne, precisamos ter certeza do diagnóstico junto a dermatologistas que podem indicar quais são as reações de cada pele e qual deve ser o tratamento mais adequado dessas novas lesões.

Muita gente pergunta quais são os cuidados da pele pra trabalhar por horas seguidas com a máscara, e a Dra. Daniela indica que o skincare se mantenha “minimalista” durante o dia, usando higienizadores suaves, hidratantes com texturas leves e sem fragrância, com a função não só de hidratar a pele mas também de proteger a barreira cutânea, e proteção solar SEMPRE. No nosso ranking do Melhores do Ano 2019 você encontra os melhores limpadores, hidratantes e protetores solares.

Na opinião da Daniela, o uso de maquiagem por baixo da máscara deve ser evitado, pra quem precisa adotar a proteção por muitas horas do dia manter uma rotina básica é essencial

De acordo com a dermatologista, mesmo a acne nessa região estando mais relacionada à fricção das máscaras usadas por tempo prolongado (um exemplo são os profissionais de saúde, segundo uma pesquisa publicada pela Academia Americana de Dermatologia, pelo menos 83% dos profissionais da área em Hubei, China, sofreram problemas de pele no rosto) não podemos esquecer que nesse período de pandemia estamos expostos a outros fatores que podem piorar a acne como inconsistência em nossas dietas e claro o ESTRESSE, comprovados em diversos trabalhos científicos como agravantes.

Deixe uma resposta